Click na imagem para acessar o site

Click na imagem para acessar o site
click na imagem para acessar o site
"Trabalhadores e trabalhadoras, uni-vos contra a tirania, mas uni-vos sobretudo contra a inércia que se torna coadjuvante da opressão"

Vladimir Maiakovski - operário, poeta e revolucionário soviético.



sábado, 20 de agosto de 2011

O TRABALHO SE DIZ PREJUDICADO NA 13 PLENÁRIA ESTADUAL DA CUT PARANÁ




CUT Paraná realizou 13ª Plenária Estadual

Evento reuniu representantes sindicais de todo o estado do Paraná e membros de movimentos sociais e políticos.


Por Rui Amaro Gil Marques

Coletivo de Ação Direta Comunistas no Brasil ADC

Fotos: Rui Amaro.


A Central Única dos Trabalhadores CUT Paraná realizou neste final de semana na Associação Banestado, em Praia de Leste - Município de Pontal do Paraná, a sua 13ª Plenária Estadual. Participaram do evento 270 trabalhadores inscritos como delegados, divididos entre 113 mulheres e 157 homens de 41 sindicatos de todo o estado. No evento os participantes debateram a conjuntura política e econômica internacional e estadual e também fizeram o balanço da atual diretoria da Central bem como organizaram o plano de ação da CUT Paraná para o próximo período.

A abertura do encontro se deu às 19h com a presença do presidente estadual da CUT, Roni Barbosa; do secretário de finanças e administração da CUT Nacional, Vagner Freitas; do integrante da frente de massa do MST, Ramon Brizola; do diretor de Relações Institucionais da Federação Árabe- Palestina do Brasil, Ualid Rabah; além de representantes da União Paranaense dos Estudantes (UPE), Coordenação dos Movimentos Sociais (CMS), Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Sócio-Econômicos (Dieese) e Fórum Estadual de Economia Solidária (FES).

Depois de muitos debates e de reuniões das tendências políticas que atuam no interior da CUT na sexta a noite, no sábado de manhã foi realizada a eleição dos delegados à Plenária Nacional da entidade que teve como chapa vencedora a chapa 2 composta por militantes da Articulação Unidade na Luta e Cut Democrática e Socialista, que fez cerca de 78% dos votos válidos. Já a chapa 1 formada quase que exclusivamente por militantes do O Trabalho fez 17% dos votos e reivindica o direito de enviar um delegado para a Plenária Nacional em outubro. Abstenções ficaram em 5%.

De acordo com os membros do O Trabalho as demais correntes desrespeitaram o regimento da plenária que determinava que a votação deveria ser realizada por escrutínio secreto, o que não foi seguido pela mesa diretora. Alegam também que as regras da proporcionalidade não foram seguidas propositadamente para prejudicá-los. Eles prometeram recorrer para a CUT Nacional. Também foi realizada uma recomposição dos cargos na direção estadual que se encontravam vazios.

O que se ouviu também foram discursos acalorados em defesa do governo Lula/Dilma e do governo Dilma/Temer contra as criticas disparadas pela corrente O Trabalho que se posicionou contra as privatizações dos aeroportos e a redução das contribuições das empresas para a Previdência Social feitas pelo governo no Pacote Brasil Maior no início deste mês.


E-MAIL ENVIADO PELA MARISA, DA CUT PARANÁ: "Li seu blog sobre a questão do O Trabalho. Professor Cafú (que é dessa corrente) falou na Plenária que na CUT eles não são do O Trabalho. Isso é só no PT. E para corrigir a chapa eleita fez 75% dos votos. As correntes majoritárias estão considerando abrir uma vaga para a chapa do professor Cafú."


Nenhum comentário:

Postar um comentário

AÇÃO DIRETA

AÇÃO DIRETA
O vermelho é o nosso sangue derramado e o preto o nosso luto por aqueles que tomabaram na luta.

Marcadores