Click na imagem para acessar o site

Click na imagem para acessar o site
click na imagem para acessar o site
"Trabalhadores e trabalhadoras, uni-vos contra a tirania, mas uni-vos sobretudo contra a inércia que se torna coadjuvante da opressão"

Vladimir Maiakovski - operário, poeta e revolucionário soviético.



quarta-feira, 24 de novembro de 2010

SOBRE O SINDICALISMO PELEGO E FASCISTA

O sindicalismo pelego e fascista

Escrito por Max Nettlau
fonte: http://cob.ait.net
O sindicalismo pelego e fascista


O sindicalismo oficial atual é o resultado de décadas da ação repressora do Estado, fiel escudeiro e o servo mais leal dos patrões. E isso impregnou os trabalhadores de tal modo que o sindicalismo se tornou fonte de desconfiança e de desilusão de nossa classe.

Ela está certa, o sindicalismo oficial, legal submisso ao Ministério do Trabalho apenas atrela os trabalhadores a práticas reformistas, corporativistas e sempre disposta ao interesse dos patrões. Existem alguns que acreditam que o MT consiga ser uma agente neutro e mediador das disputas entre patrões e trabalhadores, o que é uma ilusão. O MT é formado pela classe dirigente, pelos patrões que possuem livre acesso a todos os departamentos, secretárias e ministérios do governo.

Se essa estrutura conservadora fascista não bastasse, temos nas fileiras de nossa classe, os partidos e grupos que se dizem revolucionários e que não passam de amortecedores da luta de classes. Desviam a luta e tornaram o processo parlamentar um meio para sua existência, traindo e enganando vergonhosamente nossa classe, submetendo-a a espera do sentenciado por sua execução, já que mantém o sistema o alimenta de 2 em 2 anos com mentiras e engôdos, mantendo os oprimidos e explorados em sua misera existência.

É preciso romper com o modelo fascista sindical, que é atrelado ao Ministério do Trabalho e criar instâncias de luta direta e sem intermediários estatais. Essa forma de fazer sindicalismo é revolucionária e garante que os trabalhadores tenham controle sobre o processo emancipatório. Cabe atuarmos em nossos ramos de trabalho e promover o conhecimento desse modelo de fazer o sindicalismo, que rompe com a lógica do capital que vêm sugando cada vez mais nossa classe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AÇÃO DIRETA

AÇÃO DIRETA
O vermelho é o nosso sangue derramado e o preto o nosso luto por aqueles que tomabaram na luta.

Marcadores